Site Autárquico de Vila Real de Santo António

> Home > Notícias
Mapa do Concelho

PUBLICAÇÔES

Áreas Estratégicas

Áreas EstratégicasGabinete VRSA EmpregoEurocidade do GuadianaPrograma «Cuidar»

Comunicado: obras na Ponte Internacional do Guadiana obrigam ao cancelamento da prova «X Milhas do Guadiana»

Comunicado: obras na Ponte Internacional do Guadiana obrigam ao cancelamento da prova «X Milhas do Guadiana»

09/10/2018

Comunicado conjunto da Comissão Organizadora da prova internacional de atletismo «X Milhas do Guadiana».

A Comissão Organizadora da prova internacional de atletismo «X Milhas do Guadiana», constituída pelas autarquias de Vila Real de Santo António, Castro Marim e Alcoutim, o Grupo Desportivo Pic-Nic, o Clube de Atletismo de Ayamonte e o Patronato Municipal de Desportos de Ayamonte acordaram suspender a referida competição, prevista para o dia 11 de novembro, tendo em consideração os seguintes aspetos:

 

  • As «X Milhas do Guadiana» tiveram início em 1992, um ano após a inauguração da Ponte Internacional do Guadiana, e, desde essa data até à atualidade, a prova tem-se realizado de forma ininterrupta, tendo cumprido em 2017 a sua 26ª edição. Este evento já se tornou uma referência nas provas de atletismo de longa distância no sul da Península Ibérica, tendo recebido a participação de numerosos atletas amadores, bem como de figuras consagradas do panorama internacional;
  • Neste momento, encontram-se a decorrer, na Ponte Internacional do Rio Guadiana, obras de grande envergadura com vista à reabilitação integral desta estrutura. Em virtude destes trabalhos, estão a ser efetuados desvios de trânsito e aplicados condicionamentos à circulação nas faixas de rodagem;
  • A Ponte Internacional do Guadiana constitui a única via de ligação terrestre entre Portugal e Espanha, no sul da Península Ibérica, unindo as regiões do Algarve e Huelva, não podendo, em momento algum, ser encerrada ao trânsito, já que não existe qualquer outra alternativa de travessia terrestre;
  • Perante a incerteza de podermos contar com a utilização e disponibilização adequada da ponte para realizar esta prova internacional na data prevista (atendendo às constantes alterações que uma empreitada destas dimensões implica), e tendo em consideração a nossa responsabilidade, como organizadores, em garantir a segurança de todos os participantes, fomos obrigados a tomar esta posição com o objetivo de evitar transtornos a todos aqueles que, em tempo útil, quisessem integrar a corrida;
  • Enquanto organizadores, fizemos tudo o que esteve ao nosso alcance para garantir a realização do evento, esgotando todas as possibilidades e prazos previstos para a realização desta que é uma prova viva da cooperação entre Portugal e Espanha. Trata-se de uma competição muito complexa que requer um trabalho de planificação prévio muito elevado, principalmente no que respeita à obtenção das respetivas licenças nos territórios dos dois países;
  • Todas estas diligências foram precedidas de um contacto prévio com as entidades envolvidas na realização da obra de requalificação da Ponte Internacional do Guadiana, nomeadamente com o consórcio responsável pelos trabalhos, que não se pronunciou em tempo útil à correta organização e preparação logística da prova;
  • Independentemente dos valores do desporto e da cooperação serem do interesse comum dos municípios e clubes envolvidos na organização das «X Milhas do Guadiana», a segurança das pessoas e bens estará sempre no topo das nossas prioridades e jamais seria colocada em causa.

 

 

9 de outubro de 2018

A Comissão Organizadora das «X Milhas do Guadiana»